HISTÓRIA DA DIOCESE

Uma parte do território que hoje constitui a DIOCESE de Crateús pertenceu a Província Eclesiástica de São Luís e outra à do Ceará. Em 1916, criadas as Dioceses de Sobral e Crato, algumas Paróquias ficaram ligadas a Sobral e duas a Crato, passando estas, em 1962, para a nova Diocese de Iguatú.

A 28 de setembro de 1963, a Bula Papal “Pro Apostolico” de Paulo VI, que criava a DIOCESE de Crateús, determinou que oito de suas Paróquias seriam desmembradas de Sobral e as duas que haviam passado para Iguatú, ficariam anexas ao território da nova Diocese de Crateús.

A instalação da Diocese se deu a 09 de agosto de 1964, quando tomou posse seu primeiro bispo, Dom Antonio Batista Fragoso, antes Bispo Auxiliar, depois Vigário Capitular de São Luís do Maranhão.

Dom Antonio Fragoso aos poucos foi fazendo surgir os organismos necessários à vida diocesana.

O segundo bispo, Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho, foi ordenado em Crateús a 24 de maio de 1998, assumindo o Pastoreio da Diocese na mesma data.

Diocese de Crateús - 2017 © Todos os direitos reservados
Top