INDEPENDÊNCIA – PARÓQUIA SENHORA SANT’ANA

independencia1

INDEPENDÊNCIA – Antes: Pelo Sinal 

CRIAÇÃO DO MUNICÍPIO: 24 de junho de 1857 pelo Decreto no 436.

Por Lei Geral no 3.012, datada de 22/10/1880, o território do município foi desanexado do Piauí e incorporado à Província do Ceará. A Lei Estadual no 107 de 20/09/1893, suprimiu o município, restaurando-o a Lei no 294 de 07/08/1896. Sua reinstalação – 16/11/1896. O Decreto Estadual no 193 de 20/05/1931 extinguiu vários municípios do Ceará, dente eles Independência, que pela 2a vez perdia sua autonomia, reconquistando-a a 04/12/1933, pelo Decreto no 1.156 do Interventor Roberto Carneiro de Mendonça.

TOPONÍMIA: Proveniente da denominação do rio que atravessava o território

ÁREA GEOGRÁFICA: 3.178Km²

DISTÂNCIA DE FORTALEZA: 309Km

DISTÂNCIA DE CRATEÚS: 48Km

CRIAÇÃO DA FREGUESIA: 15 de setembro de 1853, pela Lei Provincial nº 356.

PADROEIRA DA PARÓQUIA: Senhora Sant’Ana

PRIMEIRO PÁROCO: Pe. Antonio Ricardo Cavalcante de Albuquerque

PÁROCOS IN SOLIDUM: Padre Erivaldo de Oliveira Silva e Padre Jefferson Carneiro da Silva

SEMINARISTA ESTAGIÁRIO: José Aurenilson Melo de Carvalho

INFORMES HISTÓRICOS: Pertencia ao Bispado do Maranhão, ao qual fazia parte a Província do Piauí. Foi transferida para o Bispado de Fortaleza (Província do Ceará) por Bula do Papa Leão XIII, executada a 18 de janeiro de 1889. Em 1915 passa a integrar a nova Diocese de Sobral. Em 1963 fica pertencendo à Diocese de Crateús, instalada a partir de 09 de agosto de 1964.

Quando Frei Vidal da Penha passou em fins do século XVIII, na fazenda de José Ferreira de Melo, aconselhou que ali se erigisse uma capela, a qual ficou pronta em 1810.

CONTATO: 3675-1105

 

 

Diocese de Crateús - 2017 © Todos os direitos reservados
Top